Apesar de rodeados de amor – no entusiasmo dos seus animais domésticos, no sorriso dos estranhos, na benção dos dias, na comida da avó, no olhar do marido, no abraço da mãe, na arte de rua, nas palavras do poeta e nas notas dos músicos – os habitantes desse planeta sofriam de uma espécie de doença crónica que lhes fechava o corração e lhes distorcia os sentidos (sobretudo a vista!).

Mas nem tudo estava perdido. Num pequeno rectângulo de terra plantado à beira-mar erguia-se uma nação soberana chamada Reino Unido do Amor internacionalmente conhecido como United Kingdom of Love.

Era uma nação peculiar e muito abundante, cuja maior riqueza era o Amor. Claro está que os mais abastados eram os que mais amor davam, até porque nesse circuito económico poupar amor era fortemente penalizado por elevados impostos.

O Banco Central do Amor continha reservas doadas por pessoas com elevado amor próprio e amor ao próximo, que doavam de forma abnegada para pessoas com défice de Amor e para momentos de crise no reino ou em reinos que o solicitassem.

Foi numa dessas crises que os reis resolveram abdicar do trono por razões que ao dia de hoje ainda não são conhecidas.

Foi um duro golpe para toda a nação mas mais ainda para a filha mais nova dos reis que, inesperadamente, teve de assumir os destinos de uma nação coberta por um negro manto de desamor.

Fátima Julia Micaela Gabriela Rafaela Limonezes às Vezes do Amor, também conhecida como Princesa Fátima do Amor (Tilinha para os mais próximos) era a única legitimia sucessora da Casa do Amor que ainda acreditava no missão do Reino.

Não se sabe bem porquê, se por desvio genético, se pelo afinco que colocou nos seus tempos de estudante na Academia dos Guerreiros do Amor ou dos incontáveis livros e filmes de romance que devorava para escapar aos afazeres reais, mas Fátima desde criança que se tornara uma activista fervorosa da Casa do Amor.

Esta é a historia da vida da Rainha Fátima do Amor, antes e depois dos seus anos de governação, polvilhada com relatos dos bravos habitantes ou visitantes da Nação do Amor que juntos lutam por encher o planeta de amor.

2 Comments

Leave a Reply